Livros

O-Oceano-no-Fim-Caminho

Neil Gaiman é um dos meus autores preferidos. Sua escrita é sem dúvida alguma, fluída e objetiva. Sua objetividade não compromete suas publicações, pelo contrário, cria um laço entre personagens e leitor, quase inquebrável. A sensação que ele proporciona aos seus leitores, não chega próximo a outros leitores. Com 208 páginas e lançado em 2013, a Editora Intrínseca trouxe ao mercado brasileiro, O Oceano no Fim do Caminho.

O Oceano no Fim do Caminho começa mostrando um homem de meia idade retornando para sua cidade natal para um funeral. Esse retorno acaba lhe trazendo algumas lembranças já enterradas em seu passado. Inserindo esses acontecimentos com o presente, uma série de flashbacks são propostos ao leitor, de forma com que a experiência da leitura seja ampliada. Sem dar nome ao personagem, posteriormente somos apresentados ao George, o Gracioso. Retornando à sua cidade e revivendo importantes da sua infância, o livro é como se quisesse ser lido de trás para frente, mas em ordem inversa.

Um dos cenários mais importantes da publicação, acontece na Fazenda Hempstock, onde conheceu sua única e melhor amiga, Lettie Hempstock, uma jovem de 12 anos, que vive com sua mãe e avó. Com o avançar da leitura, algumas explicações que nos levam a entender o título do livro, entre elas: o lago que fica na fazenda, que quando criança foi convencido que tratava-se de um  Oceano.

Gaiman sabe como ninguém como mesclar em seus livros a realidade com fantasia. Sua experiência como roteirista de quadrinhos e sua vasta experiência com seus outros livros, fez com que esta mistura, agregasse ao desenvolvimento do seu livro, fazendo com que o leitor questione-se em muitos momentos sobre a real intenção do autor e o quão bom é o resultado desta mistura. A descrição de nosso protagonista aos poucos vai sendo revelada, como os problemas financeiros que sua família enfrenta, tornando- o um jovem introspectivo e solitário. Suas aventuras é sua válvula de escape, que com o apoio de Lettie, tornam-se ainda mais freqüentes ao longo do livro.

O livro sempre mostra tudo pelo ponto de vista do protagonista, até mesmo as interações de outros personagens, são mostradas pelo seu ponto de vista. Isso abre possibilidades para que o autor possa desenvolver melhor a trama, não necessitando descrever tanto os demais personagens, focando mais na trama, já que 208 páginas poderiam comprometer o andamento de cada personagem, e essa saída foi sensacional.

A superficialidade é elevada há outro nível neste livro. No início, a história quase se perde preocupada em apresentar diversos elementos do passado do protagonista, mas que foi facilmente contornado pelo autor, graças ao seu talento. A relação de Neil Gaiman é de extrema confiança, quando algumas de suas histórias, mostram um início complexo e superficial, o livro tem uma mudança em seu plot e acaba surpreendendo-nos, fazendo com que ao final, sejamos pegos de surpresa pelo desfecho da história.

Se você ainda não leu nenhuma obra do Neil Gaiman, essa é uma porta de entrada e tanto. Como uma trama ágil, o livro leva o leitor a questionamentos que apenas o autor é capaz de fazer. Em boa forma e com personagens cativantes, é uma leitura para sair da rotina e devorá-la em apenas um dia.

Nota: ✩✩✩✩

OceanoNoFimDoCaminhoTítulo: O Oceano no Fim do Caminho
Editora: Editora Intrínseca
Título Original: The Ocean at the End of the Lane
Autor: Neil Gaiman
Tradução: Renata Pettengill
Ano de Publicação: 2013
Capa: Brochura
Valor: R$ 34,90
Quantidade de Páginas: 208
Sinopse: Sussex, Inglaterra. Um homem de meia-idade volta à casa onde passou a infância para um funeral. A construção não é mais a mesma, e ele é atraído para a fazenda no fim da estrada, onde, aos sete anos, conheceu uma garota extraordinária, Lettie Hempstock, que morava com a mãe e a avó. Ele não pensava em Lettie há décadas, mas mesmo assim, ao se sentar à beira do lago (o mesmo a que ela se referia como um oceano) nos fundos da velha casa de fazenda, o passado esquecido volta de repente. E é um passado estranho demais, assustador demais, perigoso demais para ter acontecido de verdade, especialmente com um menino. Quarenta anos antes, um homem cometeu suicídio dentro de um carro roubado no fim da estrada que dava na fazenda. Sua morte foi o estopim, com consequências inimagináveis. A escuridão foi despertada, algo estranho e incompreensível para uma criança. E Lettie – com sua magia, amizade e a sabedoria digna de alguém com muito mais de onze anos – prometeu protegê-lo, não importava o que acontecesse.

Saiba onde comprar, clicando aqui!

Leia mais sobre Livros

Pinterest

Administrador e criador do Blog Combo Pop. Responsável pelas postagens. Fã de Star Wars e Star Trek, viciado em séries, animes e quadrinhos!