Quadrinhos

Meu-Amigo-Dahmer

A primeira publicação da Editora DarkSide para sua linha de quadrinhos, não poderia ter iniciado por um melhor título, mantendo sua identidade editorial, Meu Amigo Dahmer é um pontapé inicial certeiro. A graphic novel que conta com roteiros e arte de Derf Backderf, conta uma parte da história do serial killer Jeffrey Lionel Dahmer, conhecido como Jeffrey Dahmer pela grande maioria do público. Seus assassinatos são datados entre os anos 1978 e 1991, iniciando sua jornada de assassino com apenas 18 anos, apesar de uma vida reclusa e sendo alvo de sérios problemas em sua infância e adolescência. Condenando a 900 anos de prisão sendo acusado pelo crime de estupro, canibalismo e necrofilia. Ao todo foram 17 vítimas.

Meu Amigo Dahmer, narra por meio da visão de um colega de classe de Jeffrey Dahmer a fase em que o serial killer está cursando o ensino-médio. A publicação constrói satisfatoriamente essa parte da vida do personagem central, dando ao leitor os primeiros vislumbres do que viria a se tornar um jovem com uma personagem tão peculiar. A organização da graphic novel facilita a leitura, já que dividida em partes é possível recorrer aos diversos materiais extras que foram colocados na versão lançada no Brasil.

Vivendo em uma pequena casa com seus pais, Lionel e Joyce, Dahmer ainda tinha um irmão mais novo chamado Dave, porém este pouco aparece na história, já que o autor não teve grande contato com o personagem. Todo o foco da graphic novel está em Dahmer que naturalmente é o que grande interesse da publicação. Derf Backderf usa uma arte com uma pegada underground para compor os personagens e seus traços podem causar estranheza para aqueles que esperam um traço mais etilista, não será com este trabalho de Backderf. O roteiro e arte de Meu Amigo Dahmer contribuem exponencialmente para o desenvolvimento da história. É inegável que principalmente a arte não nos poupa visualmente das ações que descrevem a excentricidade de Dahmer na adolescência.

Explorando a visão das pessoas próximas há Dahmer nos anos em que estudaram com o futuro serial killer no Colégio Revere, em Ohio. Mostrando em diversos momentos as dificuldades enfrentadas por Dahmer em seu incluir em alguns dos grupos do seu Colégio, acaba tornando-se um dos excluídos, não atingindo a esperada popularidade no Ensino Médio, fazendo com que além dos problemas com sua família, acaba entregando-se ao alcoolismo. E todos esses problemas mostraram-se cruciais para o surgimento de uma pessoa fria capaz de cometer os crimes pelo qual foi acusado.

O próprio autor revela que o surgimento da publicação se dá através de suas inquietações, após descobrimento que havia estudado com o acusado, sendo iniciada em 1991 quando os primeiros assassinatos foram revelados, levando quase 20 anos para ser concluída. Esse período é marcado pelas dificuldades em publicar o trabalho e por suas pesquisas com o material disponibilizado após as diversas entrevistas e depoimentos de Jeffrey Dahmer.

O traço da publicação, que mescla as habilidades cartunescas e com tom underground soube imprimir a ideal para construção desta fase da vida de Dahmer tendo como cenário um suspense moderado. Dahmer tem sua personalidade dilacerada por Derf Backderf mostrando seu talento em roteirizar e desenhar, sendo uma de suas publicações mais famosas pela perplexidade que causa ao leitor e pelo ponto de vista de desmistificar o que realmente tornou o futuro de Jeffrey Dahmer fora do padrão.

Nota: ✩✩✩✩✩

Meu-Amigo-DahmerTítulo: Meu Amigo Dahmer
Título Original: My Friend Dahmer
Editora: DarkSide Books
Roteiro: Derf Backderf
Arte: Derf Backderf
Número de Páginas: 288
Lançamento: Junho/2017
Valor: R$ 59,90
Sinopse: Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel Meu Amigo Dahmer. Meu Amigo Dahmer traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete. [LEIA MAIS]

Leia mais sobre Quadrinhos

Pinterest

Administrador e criador do Blog Combo Pop. Responsável pelas postagens. Fã de Star Wars e Star Trek, viciado em séries, animes e quadrinhos!